Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 514289

CATIMBÓ, CANA CAIANA, XENHENHÉM

Autor(es):
Organizador(es):
64.9

Calcule o frete e o prazo

loader
Tipo de entrega Entrega* Valor

* O prazo de entrega inicia-se no 1º dia útil após a confirmação do pagamento. Informações referentes apenas para 01 unidade deste item.

Ascenso Ferreira causou grande impacto no panorama literário brasileiro quando, em 1927, lançou Catimbó, nas palavras de Mário de Andrade, "um dos livros mais originais do modernismo brasileiro". Cana caiana (1939) e Xenhenhém (1951) completam o panorama de uma obra poética profundamente enraizada no Nordeste, de onde extrai seu substrato, presente nas imagens, estribilhos, crendices, linguajar e na semântica sobre a qual assentam os poemas. Ao mesmo tempo, a obra de Ascenso responde a inquietações universalmente associadas aos processos de modernização. Extremamente musical, a poesia de Ascenso se alimenta da ternura e da paixão de viver. A vida, presente nos poemas em toda a sua sensualidade, naquilo que deve ser visto, saboreado, cheirado, sentido, se descortina aos olhos do leitor, convidado pelo poeta a experimentar a realidade e a fantasia, a viver o gozo da comunhão da carne e a dor da desaparição ou da morte. Por outro lado, é no espaço da poesia que Ascenso salvaguarda mundos sociais e universos culturais ameaçados de desaparecimento. É, ainda, através da poesia que Ascenso constrói sua utopia de um mundo encantado, onde o maior dos temores traveste-se do medo infantil da Cabra-Cabriola e do Pai-do-Mato. Em Ascenso Ferreira, o sujeito alcança a redenção nos fugazes momento em que a comunhão da carne permite a transfiguração.
Autor(es):
FERREIRA, ASCENSO
Dimensões:
1,5cm x 14,0cm x 21,0cm
Páginas:
276
ISBN:
9788560156559
Código:
514289
Código de barras:
9788560156559
Edição:
INDEFINIDO
Data de Edição:
26/04/2008
Peso:
356
  • Informações do produto Seta - Abrir
    Ascenso Ferreira causou grande impacto no panorama literário brasileiro quando, em 1927, lançou Catimbó, nas palavras de Mário de Andrade, "um dos livros mais originais do modernismo brasileiro". Cana caiana (1939) e Xenhenhém (1951) completam o panorama de uma obra poética profundamente enraizada no Nordeste, de onde extrai seu substrato, presente nas imagens, estribilhos, crendices, linguajar e na semântica sobre a qual assentam os poemas. Ao mesmo tempo, a obra de Ascenso responde a inquietações universalmente associadas aos processos de modernização. Extremamente musical, a poesia de Ascenso se alimenta da ternura e da paixão de viver. A vida, presente nos poemas em toda a sua sensualidade, naquilo que deve ser visto, saboreado, cheirado, sentido, se descortina aos olhos do leitor, convidado pelo poeta a experimentar a realidade e a fantasia, a viver o gozo da comunhão da carne e a dor da desaparição ou da morte. Por outro lado, é no espaço da poesia que Ascenso salvaguarda mundos sociais e universos culturais ameaçados de desaparecimento. É, ainda, através da poesia que Ascenso constrói sua utopia de um mundo encantado, onde o maior dos temores traveste-se do medo infantil da Cabra-Cabriola e do Pai-do-Mato. Em Ascenso Ferreira, o sujeito alcança a redenção nos fugazes momento em que a comunhão da carne permite a transfiguração.
  • Especificações Seta - Abrir
    Autor(es):
    FERREIRA, ASCENSO
    Dimensões:
    1,5cm x 14,0cm x 21,0cm
    Páginas:
    276
    ISBN:
    9788560156559
    Código:
    514289
    Código de barras:
    9788560156559
    Edição:
    INDEFINIDO
    Data de Edição:
    26/04/2008
    Peso:
    356